domingo, 22 de novembro de 2015

Wine Summer 2015. Um evento que veio para ficar

Numa sexta-feira quente e abafada, lá fui eu conferir o Wine Summer 2015. Um evento que veio para ficar. Acho mesmo isso porque a iniciativa tem tudo para dar certo, e se faz necessária, já que estamos em tempos de calor, festas de final de ano e valorização do nosso produto interno, em tempos em que o nosso dinheiro anda um tanto escasso para compra de alimentos importados. E falo especialmente dos vinhos. O Wine Summer 2015 foi apoiado pelo governo do estado do Rio Grande do Sul e pelo IBRAVIN e promovido pela Vinho Magazine a qual escolheu o charmoso e recém inaugurado PIKNIK Faria Lima (foto 1) para acolher esta festa, o mesmo espaço que recebera o Aperif à la française neste mesmo ano. É um lugar bonito e gostoso de estar, montado sob estruturas simples mais bastante funcionais,  repleta de mesas grandes e compridas de madeira, entre outras de menor porte, com bancos corridos lembrando um local para piquenique mesmo! 

Possui também uma estrutura interessante de lazer para crianças, pufs espalhados na entrada e palco para pequenas apresentações e shows musicais ao vivo, este construído sob paletes e com um grande ombrelone funcionando ali como um teto, dando um ar de rusticidade, simplicidade, beleza e aconchego ao local. E assim, neste clima gostoso e convidativo e de boa ambientação, food trucks e vinhos, eu passei bem a tarde até o início da noite, antes da chuva cair. E é por tudo isso, somado aos bons vinhos nacionais entre espumantes, brancos e tintos tranquilos apresentados ali, que creio mesmo que um repeteco deva acontecer no próximo ano. Estou certa de quem foi lá durante os quatros dias que aconteceu o Wine Summer 2015 não se arrependeu nadinha mesmo da visita.

E mais uma vez os vinhos nacionais representando muito bem, nosso novo orgulho. Aposto e confio. Vamos então para um tour sob alguns rótulos especiais que eu vi e conferi.


Alegria. Estamos mesmo em São Paulo ou em um pedacinho do Sul? Vinhos tão gostosos quanto a recepção calorosa dos seus representantes e produtores ali presentes


Recepção calorosa e bons vinhos, é o que tinha de sobra ali.Visitei o Stand da Buenos Vinhos que é um distribuidor de vinhos nacionais finos que vem em tempos trabalhando com produtores já de grande prestígio (Casa Venturini, Dal Pizzol e Estância Guatambu estão entre eles) que atua em São Paulo Capital sob uma plataforma de vendas no e-commerce. Fui atendida pelo simpático e atencioso enólogo proprietário Michel Bueno (foto 2) que me apresentou a Linha São Paulo Wine composta por rótulos muito bonitos e até mesmo colecionáveis, ilustrando os pontos turísticos mais importantes da cidade. Os vinhos são: Tannat 2013, com maturação de 3 meses em carvalho francês, Merlot 2010, Ancellotta 2011, Moscato de Alexandria 2014 e Cabernet Sauvignon 2007. Cada um é produzido por uma vinícola especial e escolhida a dedo pelo próprio Michel, orgulhoso pelo seus vinhos, o qual segue bastante criterioso em seu mais novo projeto.
Quinta Santa Maria

Degustei os excelentes Vinícola D´Alture, vinhedos de altitude (entre 1350 m a 1500 m acima do nível do mar) vinícola localizada na região de São Joaquim (SC). O primeiro degustado ali foi o D´Alture Sauvignon Blanc 2013 (foto 3)  delicioso, cheio de frutas tropicais, maracujá, pêssego; tão clarinho sendo quase transparente, só despontando um esverdeal bem sutil. D´Alture Chardonnay 2013 (foto 4), com aromas de pera, abacaxi, frutas brancas de caroço, de ótima estrutura e persistência em boca. Passei então a degustar o D´Alture Louge Rosé 2012 com notas florais tão evidentes que ao sentir seu aroma de ataque pareceu-me cheirar o frasco do Leite de Rosas. Havia notas de morangos também. Delicioso, equilibrado e apaixonante. Chegou a vez dos espumantes, ah os espumantes! D´Alture Chardonnay Brut (foto 5), com as notas típicas de pêssego, frutas tropicais, com ótima persistência e frescor, D´Alture Chardonnay Demi Sec, delicioso e com um dulçor muito equilibrado e o D´Alture Moscatel, vinificado com 100% da casta Moscato Giallo, delicioso para acompanhar sobremesas. Finalizei aqui com dois tintos, D´Alture Merlot 2012 e D´Alture Reserva 2012 (foto 6), que coisa boa! O Merlot com notas de frutas vermelhas maduras, chocolate, baunilha, especiarias e muito macio, o Reserva um vinho stupendo...me lembrou o vinho de um grande produtor chileno! Não é a toa que vencera dois concursos recentes com Medalha de Ouro na cabeça, o Concurso Mundial de Bruxelas 2015 e o Wine Weekend 2015.

FIN Tannat
Saindo dali fui então conhecer alguns vinhos do produtor Quinta Santa Maria, também da região serrana de Santa Catarina. Entre Nós 2009 (foto 7), um corte de Cabernet Sauvignon e Merlot com pequeno percentual das castas portuguesas Touriga Nacional e Tinta Roriz. Cá entre nós? Que vinho delicioso e fácil de beber! Preenche a boca com suas frutas vermelhas e escuras, com acidez notavelmente agradável e taninos redondinhos. Da Condessa Rosé (foto 8) é realmente um espumante da nobreza, que maravilha. Já começa pela sua garrafa linda. Com perlage intensa, aromas de frutas vermelhas que remetem a morangos e frutas tropicais (uma goiaba vermelha), notas citrinas e excelente frescor. Não posso negar...que rosé!

Finalmente cheguei no estande da Vínicola FIN, onde fui muito bem atendida pela simpática família FIN. A vinícola está situada em Missões, no Rio Grande do Sul, e vem perpetuando há 100 anos o mesmo sentimento de paixão e arte contidos na vinificação e produção de vinhos e sucos de uva. Degustei o delicioso FIN Espumante Moscatel (foto 9) produzido sob o método Asti (Piemonte -Itália) que consiste em uma única fermentação a qual é interrompida pelo enólogo em um momento determinado, ou seja, antes da transformação total do açúcar em álcool. Adorei este gostoso espumante mais o FIN Tannat (foto 10 e foto destaque) é que realmente me conquistou. Esqueça qualquer expressão de taninos duros. Eles estão ali, realmente evidentes, porém tão fáceis de beber. Sucesso à  familia FIN, continuem assim! E que venha o Wine Summer 2016!

Até o próximo post!
Vanda Meneguci.